Porque lembrar é preciso...

Porque lembrar é preciso...
"Partire è un pó morire", dice l’adagio, ma è meglio partire che morire, aggiunge Carrara. ("Partir é morrer um pouco", diz o adágio, mas é melhor partir do que morrer, retruca Carrara.)

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

"il dichiarante" (o declarante) - texto de Francisco Braido

Cresci na casa da vó Maria, nascida Maiochi e empossada Passoni. Ela era uma daquelas pessoas que adorava as histórias de família. Não tinha preguiça quando eu, na minha curiosidade, a questionava sobre seus pais e a vida na fazenda. Várias vezes, na cozinha, tomando café, eu a escutava e viajava na suas histórias das pessoas e de como era duro o trabalho na roça. Em todas as conversas notava sua emoção, seus olhos brilhavam. Um misto, talvez, de alegria por lembrar de pessoas queridas e tristeza de uma vida de muito trabalho e privações.
Nas nossas conversas era comum a nona mencionar algumas famílias, como os Mapelli, Dal'ava, Bruschi, entre outras.
De todos lembrados por ela, até hoje nunca esqueci a ênfase destinada aos Mapelli. Talvez, porque a família Passoni mantinha com eles estreitos laços de amizade e união.
Quando iniciamos a busca de nossos parentes, eu e a prima Delma,
também nascida Passoni Maiochi, mas que no fundo tem o sonho de ser Braido, nos deparamos com situações, no mínimo, curiosas e engraçadas.
Jamais poderia imaginar que um cidadão Mapelli exercia um encargo tão nobre na época: ser declarante e testemunha dos inúmeros nascimentos, batizados e casamentos ocorridos nas fazendas. Seu nome era Luiz.
Na maioria dos assentos da família Passoni (e até dos De Ponti/Nicola), encontramos: Declarante o
senhor Luiz Mapelli; Testemunha Luiz Mapelli; Padrinhos Luiz Mapelli e esposa.
Delma e eu nos encontramos semanalmente para dividir descobertas, e até mesmo para tratar de coisa séria, tudo isso regado a muito café. Ela é bem mais organizada que eu, e quando lança de sua bolsa seus cadernos de anotações, sai de baixo! Muitos registros aparecem, consequentemente, o nosso declarante preferido também.
Ao imaginar como deveria ser, as brincadeiras surgem. Ficamos imaginando como seria a conversa antes de chegar ao cartório. O sr. Luiz Mapelli, na porteira, com o seu "papelli", olhando
para seu relógio de bolso, imaginando se havia nascido alguém naquele dia, para que ele pudesse ir ao cartório e fazer o registro. Ou então, ele indo até a casa dos vizinhos dizendo, com aquele sotaque italiano pouco inteligível: "ô cumpadi nasceu quantos aí? Já registrou? Mas, pelo tanto de assentos que aparecem seu nome, surgiu até a possibilidade dele ter uma mesa cativa no cartório para que sempre fosse o declarante.
Os registros naquela época eram feitos "por pacotes". Depois de nascidos dois, três, quatro filhos é que se lembrava que era necessário registrar. Aproveitava-se a ida de alguém ao cartório e essa pessoa levava o encargo de registrar todos de uma vez. É assim que o nome de Luiz Mapelli aparece seguidas vezes em vários registros de igreja ou cartório. Recentemente, encontramos em São Sebastião da Grama seu último descanso. Tomara que em seu óbito conste como declarante um dos Passoni, numa sincera troca de favores. O último. Portanto, sr. Luiz, registro aqui uma singela homenagem ao seu trabalho de deixar documentado os acontecimentos de nossa família. Assim, nos foi possível encontrá-los e recontar suas histórias.
Ao cartório, cumpra-se!

Livros antigos do cartório de Caconde-SP

Um comentário:

  1. REALMENTE, LEMBRAR É PRECISO.

    OS APOSENTADOS NÃO PODEM FAZER GREVE PARA REIVINDICAR SEUS DIREITOS E RESPEITO À CLASSE, MAS NAS URNAS, VÃO FAZER A DIFERENÇA. A DERROTA DOS CARRASCOS DOS APOSENTADOS SERÁ INESQUECÍVEL.
    ATENÇÃO PARA A REVOLUÇÃO QUE ESTÁ EM CURSO.
    ROLA NA NET:
    APOSENTADOS, PENSIONISTAS, PROFESSORES, MILITARES, FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS – ESCRAVIZADOS E HUMILHADOS – VÃO “FERIR DE MORTE POLÍTICA” O CORAÇÃO DOS CARRASCOS CORRUPTOS: AS URNAS.
    LUTE HOJE PARA VIVER BEM O AMANHÃ.
    POVO SEM PARTIDO POLÍTICO É PATRÃO: NÃO PERDE
    ELEIÇÃO PARA PESQUISA, RÁDIO OU TELEVISÃO.
    REPASSEM SEM MODERAÇÃO
    POLÍTICOS SÓ RESPEITAM AS URNAS: MAIS NADA!!!
    PENSANDO NISSO OS APOSENTADOS, COM MUITA PROPRIEDADE, DESENVOLVERAM DE FORMA SIMPLES, EFICIENTE E DEMOCRÁTICA UMA MANEIRA DE LUTAR PELAS SUAS CAUSAS E, AO MESMO TEMPO, RESOLVER GRAVES PROBLEMAS NACIONAIS.
    APOSENTADOS E PENSIONISTAS TÊM DIREITO, MAS NÃO PODEM CURTIR A APOSENTADORIA: SÃO ESCRAVOS DE POLÍTICOS NO BRASIL.
    A esperança do povo brasileiro está na ponta dos dedos dos aposentados, idosos e cidadãos que têm a consciência de que: POVO QUE NÃO TEM PARTIDO É PATRÃO NAS URNAS.
    “A REVOLTA DAS BENGALAS E DAS CADEIRAS DE RODAS” vai deixar muitos políticos mal intencionados sem sono.
    ITÁLIA: O governo criou os juízes sem rosto que acabaram com a máfia.
    BRASIL: A Revolta das Bengalas e das Cadeiras de Rodas, movimento sem partido e sem nome, vai acabar com a escravidão dos aposentados, idosos, trabalhadores, anarquia e corrupção instaladas no país pelos últimos governos, inclusive estaduais e municipais.
    O PARTIDO DOS TRABALHADORES E SEUS COLIGADOS ESTÃO QUEIMADOS COM OS IDOSOS, APOSENTADOS, PROFESSORES, MÉDICOS, MILITARES (INCLUSIVE DA POLÍCIA MILITAR E DO CORPO DE BOMBEIROS – PEC 300), FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS E COM TRABALHADORES – FUTUROS APOSENTADOS.
    FERNANDO HENRIQUE PREPAROU A FORCA DOS POSENTADOS, LULA COLOCOU A CORDA E A DILMA, RELEMBRANDO O SEU PASSADO, ESTÁ PUXANDO A CORDA EM VOLTA DO PESCOÇO DOS IDOSOS COM A FRIEZA DE UMA TERRORISTA.
    MAIS DE 20 MILHÕES DE IDOSOS E APOSENTADOS VÃO ÀS URNAS PARA DERRUBAR OS SEUS CARRASCOS. APÓS 12 ANOS, NÃO HÁ MAIS ESPAÇO PARA ENTENDIMENTO.
    A OPOSIÇÃO VAI ASSUMIR E RESPEITAR OS TRABALHADORES E APOSENTADOS PORQUE NÓS, NOVAMENTE DEPOIS DE QUATRO ANOS, SEREMOS A VERDADE NAS URNAS.
    EXISTEM VÁRIAS CLASSES ENGAJADAS NOS INTERESSES DOS APOSENTADOS PARA ACABAR COM A ESCRAVIDÃO DOS TRABALHADORES E APOSENTADOS NO BRASIL.
    O texto:
    “A REVOLTA DAS BENGALAS E CADEIRAS DE RODAS.”
    DE UM LADO: APOSENTADOS E OS IDOSOS QUE CONTRIBUÍRAM, POR DÉCADAS, PARA TER UMA VELHICE DIGNA, MAS ESTÃO HÁ 12 ANOS ESCRAVIZADOS PELOS GOVERNOS DO PT (LULA E DILMA)E ATÉ PASSANDO PRIVAÇÕES. DO OUTRO LADO: POLÍTICOS CORRUPTOS E MENTIROSOS QUE NA PLATAFORMA DE GOVERNO PROMETEM RESOLVER O PROBLEMA DA APOSENTADORIA.
    “CAMPO DE BATALHA: AS URNAS".
    OS IDOSOS VÃO SE “ARRASTAR” ATÉ AS URNAS PARA TIRAR DO PODER CORRUPTOS E MENTIROSOS QUE PROMETERAM RESOLVER O PROBLEMA DO APOSENTADO E NADA FIZERAM PORQUE SABEM QUE IDOSOS NÃO GOSTAM DE VOTAR, MAS OS CARRASCOS VÃO “CAIR DO CAVALO”.
    ESTA CAUSA É DE TODOS, INCLUSIVE MILITARES E CIVIS DA UNIÃO, ESTADOS E MUNICÍPIOS. TODOS ESTÃO CAMINHANDO PARA GANHAREM SOMENTE UM SALÁRIO MÍNIMO: É O OBJETIVO DOS CARRASCOS QUE ESTÃO NO PODER.
    APESAR DA ECRAVIDÃO E ESTADO DE MISÉRIA IMPOSTO PELO PARTIDO DOS TRABALHADORES, NÃO É RARO O APOIO QUE OS IDOSOS DÃO AOS SEUS FILHOS E/OU NETOS SEM EMPREGO OU POR OUTROS MOTIVOS.
    SOMOS MAIS DE 20 MILÕES DE APOSENTADOS. NÃO HÁ ELEIÇÃO VENCIDA COM ESTA DIFERENÇA DE VOTOS.
    NÓS TEMOS O PODER DE TIRAR OU COLOCAR: PODEMOS MUDAR TUDO, NÓS NÃO TEMOS PARTIDO POLÍTICO.
    JOVEM, LEVE O SEU IDOSO ATÉ AS URNAS. A SUA VIDA CERTAMENTE VAI MELHORAR.
    REPASSEM ESTAS MENSAGENS PARA TODOS, INCLUSIVE VIA: FACEBOOK, ORKUT, TWEETER, MSN, SITES RELATIVOS A FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS, APOSENTADOS, ETC.
    OS VELHINOS, TRABALHADORES, APOSENTADOS, ESCRAVIZADOS, MISERÁVEIS, HUMILHADOS E ENDIVIDADOS AGRADECEM.

    ResponderExcluir